Obras do Metrobus condicionam circulação pedonal na Av. Fernando Namora, em Coimbra

Decorrente da evolução da empreitada de construção do troço urbano Alto de São João – Portagem, do Metrobus, a partir do dia 6 de junho será necessário vedar a zona poente da Avenida Fernando Namora, entre a rotunda de acesso à Rua Engenheiro Jorge Anjinho (a sul) e a rotunda de ligação com a Rua General Humberto Delgado (a norte). 

Esta intervenção terá impacto na circulação pedonal, que deverá passar a processar-se de acordo com as alternativas sinalizadas junto ao local de obra e indicadas na figura abaixo (setas a vermelho).

A implementação dos constrangimentos tem como único objetivo permitir a boa execução da empreitada, garantindo a segurança de pessoas e bens que circulam e convivem nas zonas confinantes com a obra.

A intervenção neste local consiste na construção da denominada Variante da Solum, que corresponde ao troço em que o corredor do Metrobus sai da antiga linha da Lousã. 

O novo canal para o Metrobus ficará devidamente acondicionado à geometria dos arruamentos existentes, de modo a reduzir não só o impacto visual como, em especial, para garantir a segurança de passageiros e demais cidadãos.

Na zona da Avenida Fernando Namora o canal do Metrobus será implantado sobre o talude existente, estando prevista a construção de um muro de betão branco para conter o novo talude. Este elemento é articulado em vários momentos com escadas e rampas, permitindo relacionar espaços a cotas significativamente distintas. 

A implementação do canal Metrobus acarretará a demolição do Posto de Transformação existente na Rua Francisco Lucas Pires, que com a obra ficará integrado no muro de contenção (sob o canal Metrobus), reduzindo assim o seu impacto no espaço público.

Agradecemos a melhor compreensão para os eventuais transtornos que estes constrangimentos temporários à circulação pedonal possam provocar.