Obras do Metrobus – Condicionamento de trânsito na Avenida Emídio Navarro

Obras do Metrobus – Condicionamento de trânsito na Avenida Emídio Navarro

Na continuidade dos trabalhos de construção do troço urbano Alto de São João - Portagem do Sistema de Mobilidade do Mondego (SMM), a cargo da Infraestruturas de Portugal (IP), será implementado um condicionamento da circulação na Av. Emídio Navarro, entre o Largo da Portagem e a rotunda que confina com a Rua do Brasil e a Avenida da Lousã, indispensável à execução em segurança dos trabalhos que vão decorrer a partir de segunda-feira, dia 23 de janeiro.

A especificidade dos trabalhos a realizar, aliada à densidade do tráfego rodoviário da Av. Emídio Navarro, determinam que a prossecução das operações se desenvolva de forma faseada.

Assim, numa primeira fase, com uma duração previsível de cinco meses, serão executados trabalhos nas faixas junto ao Parque Manuel Braga, permanecendo disponíveis as faixas do lado contrário, adquirindo estas, provisoriamente, um perfil de duplo sentido (conforme imagem).
 
Os trabalhos programados para este troço compreendem, nomeadamente, a retirada dos carris preexistentes, a instalação de condutas adutoras e de saneamento, a realização de infraestruturas de drenagem e telecomunicações e os acabamentos necessários para o futuro canal do Metrobus.
 


Benefícios


  • Promover a mobilidade sustentável, através da implementação de um serviço de mobilidade atrativo e competitivo, operado por autocarros elétricos, conduzindo à transferência modal para um modo de transporte energeticamente mais eficiente e com menores emissões GEE;
  • Reforçar a intermodalidade do sistema de transportes da região de Coimbra, criando condições de integração física, bilhética e tarifária;
  • Reforçar e promover a ligação dos municípios de Lousã e Miranda do Corvo ao centro urbano de Coimbra sem transbordo, incluindo o acesso aos Hospitais de Coimbra, com condições de segurança e fiabilidade, reforçando a integração económica e social do território. 

 


Financiamento


Esta obra integra o projeto atualmente já execução, cofinanciado pela União Europeia através do POSEUR, de criação de um serviço de transporte moderno, seguro e confortável que fará a ligação entre Serpins, Lousã e Miranda do Corvo a Coimbra, numa extensão de 42 quilómetros, oferecendo uma alternativa de mobilidade eficiente e sustentável, disponível para as populações da região de Coimbra.