Linha da Beira Alta encerrada à circulação ferroviária para modernização

A Linha da Beira Alta encontra-se encerrada à circulação ferroviária, no troço Pampilhosa - Guarda, desde o dia 19 de abril de 2022, inclusive, no cumprimento do estabelecido no seu plano de modernização.

Esta medida torna-se imprescindível face às características técnicas dos trabalhos a realizar em diversos locais ao longo do troço, os quais, pela sua elevada complexidade, seriam impraticáveis de executar mantendo a circulação ferroviária, mesmo que de forma condicionada. 

A interdição garante a segurança dos trabalhadores em obra e permite que as empreitadas decorram com maior eficiência, com importantes ganhos no encurtamento dos prazos de execução, poupanças ao nível dos encargos e forte mitigação dos transtornos provocados.

Em 2023 os utilizadores passarão a dispor de um serviço de transporte ferroviário de maior qualidade, conforto, segurança e ambientalmente sustentável. Neste âmbito, a Infraestruturas de Portugal tem vindo a trabalhar em estreita colaboração com os operadores ferroviários, autarquias e diversas entidades locais interessadas.

Por forma a minimizar os impactos negativos decorrentes deste constrangimento, e durante todo o período de interrupção do serviço ferroviário, serão disponibilizados, aos clientes da CP, transportes rodoviários alternativos.

 


Financiamento comunitário


A Ação 2015-PT-TM-0395-M - Linha da Beira Alta (Pampilhosa-Vilar Formoso: Projeto e Obra, foi aprovada ao abrigo do Programa CEF (Mecanismo Interligar a Europa) com uma taxa de cofinanciamento de 85%.
 

 

Saber mais